Melhore o desempenho do Windows com uso de Memória Virtual

Melhore o desempenho do Windows com uso de Memória Virtual

É unânime! Todo mundo reclama que o Windows é lento. Mas, poucos analisam os motivos do “seu Windows” ser lento. Existem vários fatores que fazem com que um Sistema Operacional e o seu uso se torne lento, com dificuldades de processamento. Muitas vezes os “problemas de lentidão” podem ser resolvidos com upgrades de hardware e/ou configurações adequadas ao tipo de uso que você fará em seu computador.

É preciso entender que os diversos tipos de Discos Rígidos, Memórias RAM e Processadores tem suas vantagens e desvantagens e estão em total interação quando usamos os softwares ou o próprio sistema. Quando abrimos um arquivo que está salvo em determinada pasta, este arquivo é carregado na Memória RAM, ficando assim disponível para o seu uso. A quantidade de Memória RAM disponível em sua máquina neste momento será algo essencial para você ter um uso tranquilo deste arquivo. Ou seja, quanto mais Memória de Uso, melhor será a performance do seu sistema durante a manipulação dos seus arquivos.

Cada tipo de Placa-Mãe suporta uma determinada quantidade de Memória RAM. Você deve conferir isso no Manual do Usuário. É muito importante consultar isso, pois assim você saberá até onde sua placa suporta trabalhar, se com 8GB, 16GB, 32GB. E de que maneira devem ser agrupados os módulos de memória. Mas, por quê você precisaria então, além da sua memória física, ter também uma Memória Virtual? A resposta está na necessidade dos programadores de terem memória suficiente para que seus programas possam executar as tarefas para as quais foram programadas, de forma despreocupada, com menos travamentos e trabalhando em conjunto com outras aplicações. Vale salientar que a leitura de dados em Disco Rígido é mais lenta do que a leitura de dados em Memória RAM. Por isso, haverá casos em que será necessário não somente ampliar Memória Virtual, mas sim a Memória RAM, e aí será de acordo com a compatibilidade da sua Placa-Mãe.

Definindo a Memória Virtual

No caso específico do Windows a Memória Virtual é através de Arquivos de Paginação, e é definida na unidade de instalação do sistema, que por padrão é a Unidade C:\. E também por padrão, o Gerenciamento desse arquivo é configurado para automático. Mas, é possível especificar unidades diferentes para o Arquivo de Paginação e com tamanhos máximos específicos.

Você pode reservar uma unidade para a Memória Virtual quando estiver instalando o Windows, particionando o seu Disco Rígido, ou depois de instalado usando o Gerenciador de Discos do Windows.

Tela01 - Gerenciador de Discos do Windows

Tela01 – Gerenciador de Discos do Windows

Assista o vídeo no final do artigo e saiba como fazer todo o processo de particionar o HD para reservar uma unidade (volume) específica para Memória Virtual.

Passo 01: Primeiro vamos acessar as Propriedades do Computador. Clique em Iniciar, em Computador, use o Botão Auxiliar do Mouse (direito), e clique em Propriedades. Vale lembrar que todas essas operações só poderão ser executadas em uma Conta de Administrador.

Tela02 - Acessando as Propriedades do Sistema

Tela02 – Acessando as Propriedades do Sistema

Passo 02: A janela Sistema do Painel de Controle é aberta, e você deve clicar em Configurações Avançadas do Sistema.

Passo 03: Em seguida clique em Configurações na seção Desempenho.

Passo 04: Agora na aba Avançado, na seção Memória Virtual, clique no botão Alterar

Tela03 - Caminho para acessar as configurações da Memória Virtual

Tela03 – Caminho para acessar as configurações da Memória Virtual

Passo 05: Desmarque a opção Gerenciar automaticamente o tamanho de arquivo de paginação de todas as unidades. Selecione a partição C:\(Sistema) e marque Sem Arquivo de Paginação e clique em Definir. Agora selecione a partição que foi reservada para a Memória Swap, e marque para ela a configuração Tamanho gerenciado pelo Sistema, e clique em Definir.
Saiba como é feito o procedimento de particionar o seu HD assistindo ao vídeo no final do artigo.

Tela04 - Configurando a Memória Virtual do Windows

Tela04 – Configurando a Memória Virtual do Windows

Passo 06: Clique em OK em todas as janelas e reinicie o Windows. Pronto! Você configurou uma unidade específica com tamanho definido para a Memória Virtual do seu Windows.

Assista o vídeo abaixo e saiba como fazer todo o processo de particionar o HD para reservar uma unidade (volume) específica para Memória Virtual.

Bom Aprendizado!
Essa foi mais uma das Dicas do Greb.
Teh+